Anamanaguchi: que tal curtir uma chiptune music tocada em um NES e um Gameboy?

Capa do single Airbrushed do Anamanaguchi

Os fãs de videogame que começaram a carreira nos idos dos anos 1980 ou antes disso devem se lembrar das músicas ultra-limitadas que os consoles da época, como o Atari 2600 e o NES, possibilitavam aos games. Devem se lembrar também dos milagres que os compositores faziam com essa pouca tecnologia para criar trilhas sonoras … Continue reading

Kate Nash: mais um ótimo motivo para amar música inglesa

Sotaque britânico/irlandês carregado, voz versátil e um pouco incomum (com direito a um rouquinho de Bjork aqui e ali), rostinho lindo de quem parece divertidamente esperta. Kate Nash, nascida em 1987, ao modo da nossa geração, se inventou na marra, colocando músicas no Myspace a partir de 2005. Depois disso a moça comeu pelas beiradas … Continue reading

Pomplamoose: boa música, maluquice e um cadinho de Angry Birds

Junte dois multi-instrumentistas maluquetes – um cara magrinho de óculos super empolgado e uma mocinha loira angelical e com uma voz aguda e bonitinha. Reforce a parte “maluquete” da frase anterior e você vai começar a entender o Pomplamoose, banda indie americana de…bem de tudo quanto é coisa. Saber que o nome da banda é … Continue reading